Jornal Revolucionário - Revolucionando seus pixels!
Ao vivo:





Home > Uma história policial
Xablec
Supervisor de Jornalismo
Última notícia
Novo RARO Buggy da Equipe!!
Venha conferir o novo RARO! O buggy da equipe.
Uma história policial
Já imaginou como seria se o emprego policial fosse levado ao pé da letra aqui no habbo? Essa história irá nos mostrar como seria.
Postado por Xablec em 06/01/2018



 

Você já pensou alguma vez que o habbo poderia ter uma prisão? Onde os jogadores mal intencionados fossem para lá e não pudessem sair por um determinado tempo? A história a seguir é uma representação de como seria caso essa função fosse adicionada ao Habbo Hotel.

 

Lucas e Xablec são dois policiais que trabalham na polícia RCC. Atualmente a maior do ramo. O capitão Lucas levou o novo soldado Xablec para mais uma ronda pelos quartos do hotel, a procura de meliantes para prendê-los. Foram em alguns quartos porém não acharam nada de anormal, mas quando chegaram na Praça do Rei, encontraram um jovem usando e abusando das drogas. Eles correrram em direção ao maconheiro e o abordaram:

 

 

 

O jovem Chic (apelido) foi preso em flagrante por contrabando de drogas, sendo levado para a prisão da polícia RCC. O soldado Xablec foi responsável pelo acompanhamento do detento até a sua cela, onde ele iria ficar por 3 anos. Quando chegaram lá, o soldado jogou o Chic na cela, que se acomodou no colchão, e logo após fechou o portão.

 

 

 

Todos os dias, o soldado Xablec levava o Chic ao pátio da polícia, para o intervalo. A viagem era feita de ônibus, pois o quarto ficava em um local diferente da prisão. Por ser um preso perigoso, recebia atenção e vigilância máxima dos policiais, especialmente do capitão Lucas e do soldado Xablec.

 

 

 

E essa rotina se seguia diariamente. Por 3 longos anos o soldado Xablec ficou responsável pelo Chic, levando e trazendo ele da cela para o pátio, e do pátio para a cela.

 

Ao final da pena, o Chic foi chamado pelo Xablec para ir ao escritório do capitão Lucas, para resolver a questão da sua liberdade. E após muitas negociações e conversas, ele foi liberado e solto.

 

 

E logo após a soltura dele, Chic voltou à Praça do Rei e viu alguns amigos antigos abusando das drogas, e após um pequeno tempo pensamento, ele decidiu que não iria se juntar a eles e iria viver uma vida normal, sem crimes nem nada do gênero.

 

 


 

Essa é uma história fictícia criado por mim como meio de entretenimento. Os próprios participantes que escolheram seus visuais. Deixe nos comentários a sua opinião sobre ela!

 

Olá, pessoal. Eu sou o acionista majoritáio e colunista do Jornal Revolucionário Xablec! Caso tenha sugestões, críticas ou elogios para fazerem de alguma coluna, podem me procurar que atenderei todos.

 

Outras colunas de minha autoria:

Por trás das câmeras

Bobba bobba

E se não existisse? #2

Comentários


Esta noticia ainda não tem comentários :(

Comente!

Copyrights © Jornal Revolucionário 2012 ~ 2018. Todos os direitos reservados.
Este site da web não é de propriedade ou operado pela Sulake Corporation Oy e não é parte do Habbo Hotel.


Desenhado por Edhoni Bergue (-Edhone)
Programado por Lucas Mello (-rak300.), Slent e Nuno Ferreira (NunoF-.-) / Edições Wictor Pamplona (WictorP2)
Nossa Equipe
contato@jornalrevo.com.br