Jornal Revolucionário - Revolucionando seus pixels!
Ao vivo:





Home > De Frente com Professor - estevin
Prof.Banido
Última notícia
Novo RARO Buggy da Equipe!!
Venha conferir o novo RARO! O buggy da equipe.
De Frente com Professor - estevin
Confira aqui a entrevista com o estevin
Postado por Prof.Banido em 12/01/2018



 

 
 

Para muitos um personagem histórico na RCC, para outros um fanfarrão que apenas quer zoar. Confira a entrevista do veterano e polêmico Estevin. Teve desabafo, cobrança de dívidas, invasões e participações especiais nessa entrevista!



Prof.banido: Estevin, você teve seu passe caçado na RCC. Conte-nos um pouco sobre essa situação.

 

 Estevin: Meu caro amigo professor, é uma situação complicada na qual eu sou vítima da infamia de alguns setores mal intecionados da polícia. Vou relatar agora em detalhes como ocorreu o episódio, peço que os leitores do jornal faça seu julgamento baseado na frase de Leonel Brizola: " que o povo faça seu julgamento e, na sua consciência lúcida e honrosa separe os que são dignos de coerência daqueles que sempre foram servis, gananciosos e interesseiros " . Aquele dia, eu e meu amigo Yslan, também veterano, estava de passagem pela base e, de repente, como de costume, lancei um elogio a uma bela oficial presente, usei o pronome de tratamento " dama ", sucedendo a um adjetivo de bela. Foi quando Nego-Bala, um demagogo e, diga-se de passagem, sem o menor conhecimento do direito penal, acusou-me de forma infame de ter assediado a senhora. Prontamente, o demagogo e inescrupuloso nego bala me retirou do grupo de entrada, leia-se corpo de oficial. Porém, quero salientar a todos que existe uma diferença grotesca de assédio para elogio. Saliento que o que poderia ser considerado assédio é os namoros virtuais. 

 Prof.banido: Esse foi o primeiro problema com o Comandante-Geral?

 

 Estevin: Professor, o dito cujo já me persegue faz muito tempo, mas digamos que esse foi o ápice das agressões contra minha imagem e honra.

 

Prof.banido: Fale um pouco mais sobre isso...

 

Estevin: Bom, o sujeito a muito tempo diz que vai tirar meu passe, se refere a todos os veteranos como palhaço, inclusive tenho até os print's. Disse de forma clara e objetiva, perante a toda base, que o objetivo dele na instituição é retirar todos os veteranos. Ele deve ter algum problema na vida pessoal dele que o afeta no jogo. Pois, até os coementários externalizados no facebook ele trás para o jogo. Todos os meus amigos mais próximos, cito o Yslan, Marcelo, Thiago(Xsar) estão sendo perseguidos por ele. Ele não é profissional, não sabe agir conforme o Regimento solicita e exige. Caso ele fosse um eximo regimentalista, ao invés de ficar perseguindo seus pares, ele teria visto que, ainda que fosse verdade as imputações de desordem - que não é -, a sanção máximo passível para o caso seria 3 meses de exoneramento [banimento], e se o caso fosse reincidente. Mas o desconhecedor, o leigo, acha que o caso é ocorrência para punição permanente. 

 

Prof.banido: Estevin, qual é a sua opinião sobre esse fato que ocorreu com você?

 

Estevin: Bom, eu achei totalmente incorreta, e vindo do Nego Bala achei até hipócrita. E, falando um pouco mais sobre a decisão, ela é anti-regimental, no que toca a vertente relacionada a corroboração de provas. Pois, uma vez que o próprio regimento exige que qualquer punição seja comprovada, através de evidências, o que não foi feito neste caso concreto, pelo nego-bala. 

 

Prof.Banido: Você foi aconselhado pela sua assessoria de imprensa a comentar sobre o marechal Sorridente, inclusive envolvido na ocorrência do seu passe. 

 

Estevin: O Marechal Sorridente é justamente o pior de todos nessa polêmica. Esse sujeito tenta de todas as formas me atacar. Há alguns meses, retirou meu passe e, na época, sem motivos. Logo após provar minha inocência perante as instâncias superiores, recuperei meu passe. Ainda assim, o mesmo,  desde então, vem me perseguindo na RCC. Chegou ao ponto, do próprio corregedor ( o João ), ordenar que o mesmo parrasse de citar meu nome dentro da base, caso contrário ele seria rebaixado. No entanto, o sujeito continuou me perseguindo, de maneira indireta, e de forma desleal, formou motim com nego e david. Na noite daquele dia, imputaram mais uma acusação sem nexo e de maneira covarde. Esses indivíduos são  tão frágeis de caráter, que a própria namorada de um deles, a general chachi, não concordou com a atitude do mesmo, e saiu em minha defesa.

 

Prof.banido: Mudando um pouco de assunto, por que você apoiou o Nabas na ocasião da retirada do Well da supremacia? 

 

Estevin: Bom meu amigo Professor, em relação ao apoio da retirada do Well da supremacia, foi uma questão...como eu posso dizer? Democrática. Naquele momento, o Well estava com uma popularidade bastante baixa. Ele era acusado de favorecer diversas "panelas" dentro da instituição, e isto, naquele momento, estava irritando diversos setores da RCC. A instituição não deve e nem pode comportar privilégios para alguns, as regras devem valer para todos, Ninguém está a cima do regimento, nem o próprio supremo. Além disso o Well perseguia todos os seus opositores, na época cheguei até ser banido [modo ferramenta] da base. Tive uma bela relação de amizade com a namorada dele na época, contudo, meus valores eram totalmente contraditórios ao do camarada. Compartilhamos visões opostas sobre o mundo.

 

Prof.banido: Yslan, já que você invadiu a entrevista, o que você gostaria de acrescentar?

 

Yslan-Show1: Quero falar do Nabas estar acusando o Dean daquele caso do money lá. Acho o Nabas muito manipulador, ele está forçando algo sobre o Dean para conseguir seu papel de volta na RCC. Sendo que quando ele atuava, não fazia nada de produtivo, só entrava na base, demitia policiais, pegava o dinheiro e ia embora. O mesmo já me demitiu quando era capitão por não ir com a minha cara. Ressalto que ele apostou comigo que meu time não ganhava do dele: Eu, dean, oyurivo e wander. Ganhamos dele, aposta de 20c, ele não pagou e me baniu do quarto. Lembrando que uma vez, eu postei a verdadeira história da RCC no chat escrito pela deza, e nabas e holx foram pessoalmente me retirar do treino que eu estava em primeiro e iria ganhar 60 medalhas para me rebaixar de Coronel a Sargento. O nego-bala? Ele é um mini-nabas, se acha dono de tudo, eu já espanquei ele no LOL, pode perguntar ao próprio. Para finalizar, ele fez uma palestra: " revelando as verdades da RCC " eaí, bania todo mundo que discordava com ele, eu fui um deles.

 

Prof.banido: A entrevista se encerra por aqui. Gostariam de falar algo?

 

Estevin: Eu gostaria de agradecer pela oportunidade e espaço que o Professor me deu, queria agradecer ao amigo Yslan, a assessoria de imprensa composta por Miette e Emeli, ao amigo Cortex que se dispôs a esclarecer os fatos para o supremo Dean, gostaria de agradecer aos telespectadores que acompanharam ao vivo, e sobretudo deixar meu agradecimento especial ao supremo Dean, que foi super sensível ao cancelar o exoneração esdruxula promovida pelo Nego-Bala. Por fim, quero deixar registrado que assédio é crime. Então, você oficial do sexo feminino que já sofreu das tipificações elencadas acima, disque 190, denuncie. 

 

Yslan-Show1: Quero agradecer ao melhor jornalista Prof.banido, ele me deu a oportunidade de desabafar. Agradecer ao pessoal que ficou no quarto, menos ao Cortex, agradecer ao Dean.Santos. 

 

.-Miette: Quem gostou bate palma, quem não gostou paciência.



x-emeli-x: Atura ou surta.


E essa foi a entrevista com o polêmico Estevin, exclusiva no Jornal Revolucionário. 

 

 


 

 

Comentários


Esta noticia ainda não tem comentários :(

Comente!

Copyrights © Jornal Revolucionário 2012 ~ 2018. Todos os direitos reservados.
Este site da web não é de propriedade ou operado pela Sulake Corporation Oy e não é parte do Habbo Hotel.


Desenhado por Edhoni Bergue (-Edhone)
Programado por Lucas Mello (-rak300.), Slent e Nuno Ferreira (NunoF-.-) / Edições Wictor Pamplona (WictorP2)
Nossa Equipe
contato@jornalrevo.com.br