Ao vivo:


Home > Evolução dos Batalhões
EmanuelAlvesBan
Colunista
Última notícia
Como era a RCC em 2011?
Nessa matéria você descobre como funcionava a base da RCC no ano de 2011.
Evolução dos Batalhões
Confira a evolução dos Batalhões da RCC
Postado por EmanuelAlvesBan em 12/01/2018



Olá, Revolucionários!
 
 
Nós, do Jornal Revolucionário, iremos fazer uma sessão nostalgia com os nossos queridos leitores. Iremos mostrar a evolução das bases, de 2008 à 2016 e mostrar aos senhores as alas e funções que foram extintas com o passar do tempo, como também as evoluções que os nossos batalhões tiveram ao decorrer dos anos da Revolução Contra o Crime.
 
2008:
 
 
Nessa base ainda encontramos a famosa e conhecida por muitos, a querida ala médica da RCC. Vemos também que os policiais da RCC eram bem boêmios. E olha esse palanque do OG/CG, bem chique "digassi de passagi".
 
2009:
 
 
 
Agora a base possui uma ala médica com equipamentos renomados no mercado hospitalar, sofás mais aconchegantes e diversos post-its (o que será que tinha neles?).
 
2010/2011:
 
 
Perdemos a ala médica! Porém, começamos a ver um molde das atuais bases da RCC, presenciar as recepções com corredores e uma Sala de Estado agradável, alem de ala imperial e sala de ausência à parte do restante do batalhão. A partir daí, se inicia o processo de renovação dos batalhões da RCC. 
 
2012: 
 
Agora sim a base é esboço das que vemos atualmente, porém, sem rollers e wireds. Aquela coronel está sentada aonde era o Responsável pelos Recrutas, função em que o policial tinha que levar os recrutas para o sentinela.
 
2013:
 
 
Não mudou muita coisa em relação à anterior. Porém, começaram a colocar os palanques separados e mais raros. Nos post-its eram colocados os nomes dos oficiais, divididos por patente.
 
2014: 
 
 
Olhem essa base, vejam que começaram a colocar rollers para faciliar o alistamento dos recrutas, o palanque do OG/CG foi dividido em grandes proporções, começaram a colocar wireds para que os recrutas pudessem passar com mais facilidade e desse segurança maior ao batalhão. Sejam bem-vindos à supremacia Well31 e ..::Sr.Master::..! Essa base era a ostentação, na época o bar branco custava algo em torno de 25 à 30 (por unidade) e o totem também era muito caro. Não sei para vocês, mas em minha opinião essa foi a base mais bonita da história da RCC.
 
2015:
 
 
A partir de agora, perdemos a função Responsável pelos Recrutas, antes do fim desta função, muitos recrutas entravam apenas para badernar na base, o que atrapalhava bastante, mas, não deixava de ser cômico. Essa base, se não me falha a memória, é do ex-supremo Well31.
 
2016:
 
 
Agradecimentos especiais aos acervos no facebook do Thi005, jrafaels e dezakf1.
 

 

Acabamos por aqui, pessoal. Espero que tenham gostado dessa matéria, revolucionários!

 
 
Copyrights © Jornal Revolucionário 2012 ~ 2015. Todos os direitos reservados.
Este site da web não é de propriedade ou operado pela Sulake Corporation Oy e não é parte do Habbo Hotel.


Desenhado por Edhoni Bergue (-Edhone)
Programado por Lucas Mello (-rak300.) e Slent / Edições Wictor Pamplona (WictorP2)
Nossa Equipe
jornal@policiarcc.com